Mestre Perfumista Harry Fremont – Entrevista Exclusiva
29 de junho de 2017
Mestre Perfumista Emilie Coppermann – Entrevista Exclusiva
29 de novembro de 2017
Show all

Perfumes sempre rendem uma boa conversa – A história da Perfumaria Paralela

Perfumes entram em nossas vidas por acaso. Comigo não foi diferente.
Sem perceber, somos envolvidos por fragrâncias que passam a fazer parte, sutilmente, de nossos momentos e de nossas memórias.

Hoje, na celebração dos 5 anos da Perfumaria Paralela, lembro de como a minha história com perfumes começou. Com um frasco de Patchouli da Coty, um presente do meu pai. Anos depois, tudo se transformou na Perfumaria Paralela.

Aos 20 anos, eu era uma universitária entusiasmada com o futuro da minha vida profissional. Depois de uma temporada nos Estados Unidos, fui convidada para uma entrevista na Firmenich, uma das maiores Casas de Fragrâncias do mundo.
Eu estudava Comércio Exterior, mas a entrevista era para uma vaga na área de Avaliação de Perfumes, profissão até então desconhecida para mim. A entrevista foi surpreendente e divertida, uma sessão em que, diante de frascos contendo os mais diversos cheiros, eu deveria descrevê-los e identificá-los (tempos depois, já na Paralela, eu trouxe esse mesmo teste para os cursos).

 

1998

 

Apesar da surpresa, fui bem e logo começava minha história na perfumaria.
Adorava o meu novo trabalho. Apoiar Avaliadores, assessorá-los nos projetos, entender como acontecia a criação de um perfume, para depois me tornar uma Avaliadora.
Pura magia, com muito treinamento.

O caminho foi longo… Meses em Genebra, Paris e Nova York. E a convivência com Perfumistas de renome nacional e internacional, da Firmenich e IFF, parceiros na criação de fragrâncias para marcas da América Latina. Thierry Wasser – hoje Perfumista da Guerlain, Jacques Cavalier – hoje perfumista Louis Vuitton e Sophia Grojsman – Perfumista criadora de Paris, Eternity e Tresór, são alguns talentos com os quais tive o prazer de trabalhar.

Foram anos em Perfumaria Fina.

 

Na Firmenich, uma das experiências mais gratificantes foi a de liderar o Sensorium na América Latina. O Sensorium era uma ferramenta de prospecção de tendências olfativas baseada em movimentos socioculturais. Um trabalho profundo e sensível, que era apresentado aos clientes com  análise de oportunidades para suas marcas. Para mim, além de um prazer, uma escola.

Sensorium

Novas responsabilidades foram surgindo: áreas de Marketing, Pesquisa de Mercado, Comercial e até categorias de Limpeza de Casa e Higiene Pessoal,  distantes da minha vocação original.
Esses anos me trouxeram bagagem, contatos e conquistas, embora com algumas turbulências. Olhando para trás, percebo que isso me encorpou como profissional, exigindo adaptação e uma boa dose de coragem, já que nem sempre fui colocada em minha zona de conforto.
Em meu último ciclo na Firmenich, fui responsável pela Divisão de Perfumaria Fina em todos os aspectos do negócio, aprendendo a orquestrar o todo, uma habilidade necessária para empreender.
A essa altura, tenho que admitir, a Perfumaria também pode ser difícil.

Especialmente em Perfumaria Fina – jargão da indústria para os perfumes de uso pessoal – trabalhamos com o intangível, já que o produto final não possui entregas funcionais. Essa falta de concretude, ao mesmo tempo sua dor e beleza, exige que nós profissionais sejamos capazes de estabelecer vínculos de confiança durante projetos na busca da fragrância perfeita para uma marca. Nessa jornada, nos apoiamos muito no conhecimento técnico e, principalmente, na sensibilidade e na ética.

 

 

Em 2012, nasce a Perfumaria Paralela, fruto do meu sonho de empreender e da firme crença no potencial do Brasil, um país cuja relação com o perfume é única.

A Paralela, Escola de Perfumaria & Consultoria Boutique, para profissionais, empreendedores e apaixonados por perfume, nasceu com a missão de democratizar a formação em perfumaria, incentivar a inovação e resgatar o encantamento por ela.

 

 

O nome Paralela foi inspirado nas feiras de arte, design, arquitetura, as famosas Paralelas, agentes de efervescência criativa, que oferecem outro olhar, outra dimensão e no propósito de caminhar lado a lado com os clientes fazendo o negócio de perfumes prosperar no país.

Somos a licenciada exclusiva no Brasil da Escola Francesa de Perfumaria Cinquième Sens e, através dela, difundimos o conhecimento sobre perfume em cursos de iniciação, profissionalização, cursos temáticos e palestras.

O papel da Escola sempre foi importante para a Paralela, mas confesso que o enorme interesse de clientes na formação em perfumaria foi maior do que eu esperava. São muitas empresas, de diferentes origens, portes e tempo de mercado, interessadas em sofisticar sua bagagem de conhecimento. Todas têm a Paralela como sua grande parceira nessa jornada. Algumas empresas, após esse primeiro contato, acabam se tornando nossos clientes também na Consultoria Boutique.

Olhando para trás, houve receios sim, afinal, empreender no Brasil não é fácil. Dificuldades em equilibrar tantos pratos, riscos tomados. Mas ao longo de todos esses anos, o que houve mais foram as boas surpresas.
Incentivo e apoio de quem já me conhecia, negócios que surgiram de onde eu não esperava, clientes dos meus outros tempos, que acreditaram no potencial da Paralela, e novos clientes que passaram a fazer parte da rede, além de profissionais talentosos, com sólida experiência que vieram enriquecer a contribuição da Paralela. Enfim, razões de sobra para agradecer.

Pela Paralela já passaram 700 alunos. E queremos mais.

Hoje, o mercado brasileiro, embora tenha suas dificuldades, é mais diverso e criativo do que nunca. Segue crescendo e mudando para melhor. Ganhando forma, densidade, intensidade e fragrância. A Perfumaria Paralela segue seu caminho como entusiasta e incentivadora dessa mudança.

Nosso sonho para os próximos cinco anos?
Crescer, mantendo a capacidade inspiradora.
Porque acreditamos no conhecimento como melhor forma de ampliar o repertório sobre perfumes e olfato e, portanto, abrir caminhos para a inovação.
Porque acreditamos no potencial do Brasil como fonte de inspiração para o mundo.

Cheirosamente,

Alê Tucci.

2 Comentários

  1. Manuela disse:

    Love your story

  2. Cassiano disse:

    Muito bacana!
    É uma história de verdade e superação que, ao mesmo tempo, reforça que são necessários anos de aprendizado para conseguirmos entender um pouco mais sobre a perfumaria.
    Vivemos uma época de perfumistas independentes, treinamentos relâmpago e especialistas de YouTube.
    Aí você vem, conta a sua trajetória e mostra tudo sobre adaptação e paixão. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *