O Império das Fragrâncias
2 de março de 2018
Diretor Global de Naturais Herve Fretay – Entrevista Exclusiva
13 de março de 2018

8 de março, um dia para refletir e inspirar

Hoje é um dia para celebrar conquistas, e nós da Perfumaria Paralela estamos homenageando quatro mulheres inspiradoras que nos motivam nessa jornada por respeito, igualdade e liberdade. Mulheres que, no seu tempo, quebraram padrões, de todos os cantos do mundo, da arte, moda e, claro, da perfumaria.

 

Carmen Miranda (1909 – 1955). Um ícone do cinema nacional.

Um dos maiores símbolos internacionais do nosso país, Carmen Miranda foi tão importante em sua época que dizem que ela chegou a ser a mulher mais bem paga dos EUA nos anos 1940. Deu força ao tropicalismo, movimento cultural mais importante da história do Brasil, e foi a responsável por colocar o nome do Brasil no showbiz internacional.

  

“Nunca segui o que dizem que “está na moda”. Acho que a mulher deve usar o que lhe cai bem. Por isso criei um estilo apropriado ao meu tipo e ao meu gênero artístico.” — Carmen Miranda.

 

Frida Kahlo (1907 – 1954).  Pintora mexicana.

Frida Kahlo foi uma mulher intensa e corajosa, pintora, artista plástica, ativista política e ícone revolucionário. É hoje um dos símbolos mais populares da força feminina. Avessa a rótulos, ela afirmava que “…não pintava sonhos, mas a sua própria realidade”.

 

“Pés, pra que te quero, se tenho asas para voar?” — Frida Kahlo.

 

Twiggy (1949 – Hoje).  Uma das primeiras supermodelos.

A britânica Lesley Horniby, conhecida mundialmente como Twiggy, é definitivamente o estilo que marcou a moda nos anos 60 com suas roupas coloridas, vestidos trapézios e a minissaia, estilo que virou febre em sua época.

Com sua figura adolescente, corpo bem magro, olhos marcantes e cabelos curtíssimos, ela criou um estilo fashion único, que foi uma verdadeira revolução cultural na época. Em 1967, as revistas Life e Newsweek a chamaram de “fenômeno twiggy”. Ela também foi atriz premiada com dois Globos de Ouro, que foram motivo de grande realização profissional e pessoal, afinal ela acreditava que “…ninguém pode ser um cabide para sempre”, quando se referia a sua aposentadoria precoce da carreira de modelo.

“A moda deve ser elegante e divertida.” Twiggy.

 

NA PERFUMARIA

Sophia Grosjman (1945 – Hoje)

Inspirada principalmente pelas rosas e violetas, a perfumista russa Sophia Grosjman é o nome por trás de mais de 30 perfumes de grandes marcas.  

  

 

Ela compôs Paris (1983) de Yves Saint Laurent , Eternity (1988) de Calvin Klein e Trésor (1990) de Lancôme, que se tornaram grandes clássicos da perfumaria moderna. Sophia nasceu em 1945, no dia 8 de março… Dia Internacional da Mulher.

 

E para você, quais são as mulheres que inspiram a sua vida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *