Entrevista Exclusiva: Mestre Perfumista Olivier Cresp
21 de agosto de 2018
Evento LOWERDOSE HD Collection – Takasago
18 de setembro de 2018

Tendências Red

ATENÇÃO. PAIXÃO. FORÇA. CALOR. ELEGÂNCIA. FEMINILIDADE.  CHARME.

Se é vermelho, tem vida e tem poder.

Em busca das principais novidades da perfumaria, encontramos a curiosa microtendência de perfumes vermelhos… que já não é mais tão micro assim. Elaboramos um artigo especial para a Cosmetic Innovation (Red Power) contando sobre sete perfumes em julho desse ano. Menos de três meses depois, três novos lançamentos no mercado com a mesma expressão. Coincidência ou realmente acertamos no alvo?

Seleção de perfumes vermelhos lançados entre 2017 e 2018 que fizemos para CI.

VERMELHOS, VIVOS, SÓLIDOS E DE NOME.

JO BY JO LOVES, agosto/18.

Para celebrar os 25 anos de carreira, Jo Malone fez algo inédito. Em suas próprias palavras, durante todos esses anos ela criou fragrâncias por todos os motivos, mas essa (Jo by Jo Loves) ela criou para si mesma.

“Over the last 25 years I have created fragrances for all kinds of reasons, but this one I created for myself.” – Jo Malone.

Jo Malone posa junto ao novo perfume, que tem o grapefruit como ingrediente em destaque.

A fragrância traz o amor pela cor e pelo ingrediente principal, o grapefruit. O vermelho vem em tom de celebração, fogos, intensidade. A fragrância é aberta, cítrica-amadeirada com toque especiado de pimenta preta.

Principais notas: Grapefruit, limão, pimenta do reino e cedro.

TOM FORD LOST CHERRY, setembro/18.

O lançamento de Lost Cherry confirma a paixão da marca pela intensidade. “Lost Cherry” acompanha a linha sofisticada e misteriosa de nomes e campanhas para fragrâncias da marca, como “Jasmin Rouge”, “Fleur de Chine” e “Shanghai Lily”, todos em fundo escuro, secreto, com os elementos principais destacados em vermelho fechado.

A descrição oficial da fragrância aguça o paladar e é instigante em cada palavra, uma leitura que tira o fôlego. Amêndoa amarga, licor, doce, azedo… e a escolha do ingrediente principal, literalmente “a cereja do bolo”, ascendem a curiosidade para esse perfume sugestivo. As madeiras nobres da perfumaria (sândalo, vetiver e cedro) equilibram e combinam com rosas e jasmins para uma fragrância bem estruturada.

CHANEL Nº5 EDIÇÕES RED, novembro/18.

A cor vermelha sempre esteve em foco na Chanel – em bolsas, batons ou vestidos – mas é a primeira vez que a marca de fato vestiu com elegância seu perfume mais icônico, confirmando as palavras de Coco Chanel:

No elegance is possible without perfume. It is the unseen, unforgettable ultimate accessory of fashion. – Coco Chanel.

Para colecionadores e amantes fiéis do Nº5, as edições red limitadas Parfum, Eau de Parfum e L´Eau chegam às lojas internacionais dia 1 de novembro, prontas para serem presenteadas nos feriados de fim de ano (afinal, Natal e vermelho também tem tudo a ver).

Três versões vermelhas dos conhecidos florais aldeídicos e o ingrediente em comum, a rosa de maio.

Uma dica: neste link, você poderá ver as principais campanhas do Nº5 e usos do vermelho, entre fotos e vídeos (especial atenção para o vídeo de 1998, “Le Loup”, de Luc Besson).

Campanhas de 1971, com Jean Shrimpton e 1999, com Estella Warren

 

Nossos olhos estão sempre abertos. Quais outras tendências virão por aí?

 

Equipe Perfumaria Paralela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *